Níveis de risco do COVID-19 para pessoas com Doenças Inflamatória Intestinais

O post a seguir é uma tradução direta do artigo Advice for people with Crohn’s and Colitis: Self-isolation and social distancing postado pela Crohn’s & Colitis UK do Reino Unido.

Novas orientações para pessoas com Doenças Inflamatória Intestinais sobre o nível de risco de complicações do COVID-19 e o que você deve fazer.

Nós estamos trabalhando com a Sociedade Britânica de Gastroenterologia (BSG), que adicionou orientações específicas para pessoas com doenças inflamatória intestinais.

Essas recomendações mostram qual a ação você deve tomar dependendo da sua medicação, idade e outros fatores de risco.

Maior risco

Se você preenche algum dos critérios abaixo, você se enquadra em alto risco da doença COVID-19. Para sua própria segurança, é aconselhado seguir as recomendações de quarentena. É extremamente recomendável continuar tomando seus medicamentos, caso contrário, você se colocara em maior risco.

Você corre alto risco se qualquer um desses itens se aplica a você:

  • Está tomando 20mg ou mais de prednisona por dia.
  • Começou a usar um novo medicamento biológico nas últimas 6 semanas, junto com um imunossupressor.
  • Tem o nível moderado ou severa de atividade da doença inflamatória intestinal, apesar de tomar biológico e/ou imunossupressor.
  • Tem a síndrome do intestino curto e precisa de suporte nutricional.
  • Tem 70 anos ou mais e/ou tem outra doença como diabetes, hipertensão, doença respiratória ou cardíaca e está tomando um dos remédios citados na sessão Risco Moderado a baixo.

Risco Moderado

Você corre risco moderado se está tomando qualquer um dos medicamentos listados a baixo ou esteve tomado eles nas últimas 6 semanas. É altamente recomendado que você siga as recomendações de quarentena. Isso também se aplica se você parou de tomar esses medicamentos nos últimos 6 meses.

Biológicos.

  • Ustekinumabe (Stelara)
  • Vedolizumabe (Entyvio)
  • Infliximabe (Remicade, Inflectra, Remsima, Zessly)
  • Adalimumabe (Humira, Amgevita, Hyrimoz, Imraldi, and Hulio)
  • Golimumab (Simponi)

Imunosupressores.

  • Azatioprina (Imuran, Azapress)
  • Mercaptopurina (6-MP)
  • Tioguanina (6-thioguanine)
  • Metotrexato (Maxtrex, Methofill, Metoject, Ebetrex, Namaxir, Nordimet e Zlatal)
  • Tofacitinib

Inibidores de Calcineurina

  • Tacrolimo
  • Ciclosporina

Outros

  • Qualquer outro medicamento biológico ou imunossupressor que foi prescrito pelo seu médico como parte do seu tratamento.

Se você está tomando qualquer um desses medicamentos, seu risco é moderado, a menos que:

  • Você tenha 70 anos ou mais.
  • Tenha outra doença como diabetes, hipertensão, doença respiratória ou cardíaca.

Nesse caso, você é classificado como alto risco.

Baixo risco

Se você está tomando qualquer medicamento citados a baixo e se não se encaixa no grupo de alto risco ou moderado citados a cima, seu risco é o mesmo da população em geral e você deve seguir as recomendações de quarentena.

  • Aminossalicilatos (ex. Mesalazina, Sulfassalazina, Olsalazine)
  • Terapias retais (ex. Supositórios ou enemas de esteróides ou aminossalicilatos citados na linha de cima.)
  • Esteróides de ação tópica administrados por via oral (budesonida ou beclometasona)
  • Medicamento para diarréia por ácidos biliares (colestiramina, colesevelam, colestipol)
  • Antidiarreicos (por exemplo, imódio (loperamida))
  • Antibióticos para crescimento bacteriano ou doença perianal.

Se você está grávida você não está em alto risco por causa da sua doença inflamatória intestinal, porém, é recomendável que todas as grávidas sigam restritamente o guia de quarentena.

Tomar medidas para se estar tão bem quanto possível também é importante.

Continue tomando seus medicamentos como prescritos a menos que tenha sido dito para parar.